Pesquisar
ENGLISH

Sobre

O retrato, a perpetuação da memória e a eternidade são temas principais desta exposição individual de Eurico Lino do Vale (Porto,1966). Este conjunto de trabalhos vem numa linha de continuidade em torno da questão do retrato analisado nas mais diversas variantes, seja na exposição Habitantes de Alfama (Arquivo Fotográfico Municipal de Lisboa, Lisboa, 1999) ou em Nova Geração (Centro de Arte Moderna José de Azeredo Perdigão, Lisboa, 2001) onde expunha retratos de crianças na idade pré-adolescente ou ainda Retratos e Outras Situações Encenadas (Galeria Ara, Lisboa, 2001). O artista procura abordar o retrato post-mortem como análise dos mecanismos de comemoração e imortalização da vida humana não só como manifestação de um estatuto social e também um desejo de escapar ao anonimato. 

 

Exposição